A tecnologia, gastar ou poupar mais graças a ela?

Vivemos num mundo onde a tecnologia está presente no nosso dia a dia. Disso não há dúvida mas, na realidade, ela ajudá-lo-á em algo tão importante como poupar dinheiro? Ou, precisamente, devido a estes avanços, gasta sem nenhum tipo de controlo?

Publicado por Finanças | 0
tecnologia poupança ou gasto

Inconvenientes da tecnologia para poupar

Se é daqueles que, desde o aparecimento dos smartphones e tablets, gasta mais do que ganha, deve saber dos problemas que o seu mau uso pode trazer.

- Gastar é mais fácil. As compras on-line estão a um clique apenas, mas esta alteração de hábitos de consumo, sem controlo, pode fazer com que as suas despesas disparem.

- A falsa poupança. Nem tudo o que se vende através das lojas on-line é mais barato. Às vezes, as despesas de envio, taxas por uma entrega mais rápida ou taxas de devolução podem fazer com que o preço final seja mais elevado que o da loja física.

- Vales de desconto para captar clientes. Muitas empresas oferecem, através de páginas de desconto, ofertas com preços muito económicos. Ao trocar estes vales, tem que ter em conta que isto não é mais do que um método para captar clientes pelo que, com o decorrer do tempo, a despesa será maior do que a poupança.

Vantagens da tecnologia para poupar

Há quem faça uso da tecnologia para gastar de uma forma mais sensata. Utilizando-a da forma correta, pode conseguir poupar dinheiro e tempo.

- Aplicações. Com elas, pode criar um orçamento onde se faça uma previsão de uma quantia de dinheiro a poupar, descobrir onde o gasta e onde pode ou deve reduzir despesas. Bem utilizados, os dispositivos móveis ajudam a consumir e a gastar de uma forma mais eficaz.

- Gerir a conta do banco a partir de casa. Certamente, dentro destas aplicações, não pode faltar a do seu banco. Cada dia são mais as instituições que colocam esta ferramenta à disposição dos seus clientes, para que siga a pista de cada um dos seus movimentos bancários. Além disso, pode transferir dinheiro a partir da sua conta à ordem para a sua conta poupança, sem que seja necessário ter uma grande quantia de dinheiro para isso. Com um simples clique, qualquer quantia em dinheiro pode ser transferida, tantas vezes por mês quantas desejar e sem precisar de se deslocar ao banco.

- Comparar preços. Se tem a certeza do que quer, não compre por impulso. Utilize algum dos variadíssimos sites onde se comparam preços, uma vez que poderá saber onde adquirir mais barato um artigo, onde encher o depósito por menos dinheiro ou onde lhe interessa mais fazer as compras dos produtos que, normalmente, existem no seu frigorífico.

Definitivamente, quer os problemas quer as soluções estão no mesmo lugar: na tecnologia. Através da sua utilização (má ou boa), pode acabar com valores negativos ou conseguir poupar uma certa quantia de dinheiro por mês.

TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0