Títulos do tesouro, como funcionam?

Os Títulos do Tesouro são valores de investimento bastante apreciados por aforradores que não pretendem correr riscos. Não obstante, ao serem emitidos pela Administração Pública, é importante ter em conta a consistência, solvência e credibilidade da economia do Estado emissor. Para que saiba um pouco mais sobre este produto, esclarecemos aqui como funcionam os títulos do tesouro.

Publicado por Finanças | 0
letras tesouro

O que são Títulos do Tesouro?

Falamos de valores de rendimento fixo, emitidos pelo Tesouro Público mediante títulos desmaterializados ou “a desconto ”. Esta fórmula é a empregue para que, no momento em que comprar Títulos do Tesouro, efetuem já o desconto dos juros acordados.

Que data de vencimento têm os Títulos do Tesouro?

Não se esqueça que vai operar com investimentos a curto prazo. Os Títulos do Tesouro são emitidos a 1, 3, 6, 9, 12 e 18 meses. Não obstante, para o pequeno aforrador particular, os investimentos costumam ser feitos a um ano ou ano e meio, uma vez que os prazos menores são para o investimento institucional e para as necessidades pontuais de liquidez do próprio Estado

Que montantes podem adquirir e como pode comprá-los?

O montante mínimo é normalmente de 1000 euros e, embora possa aumentar o valor nominal, terá que ser feito sempre em múltiplos deste montante. É importante saber que também pode efetuar a aquisição de Títulos do Tesouro através da Internet.

Que tipo de rentabilidade se obtém com os títulos do tesouro?

Realmente é um valor com uma taxa de rentabilidade muito reduzida, embora também seja muito reduzido o risco que corre. Na hora de efetuar a compra é estabelecido o valor nominal dos seus Títulos do Tesouro. Coloquemos, por exemplo, os 1000 € que comentávamos no início. Nesse momento poderia pagar por esse título 980€, mas na hora de receber o reembolso do valor nominal, ou seja os 1000€, terá ganho 20€. Neste caso haveria uma rentabilidade de 2%.

De qualquer maneira, os Títulos do Tesouro possuem uma rentabilidade implícita. Isto quer dizer que no momento da sua aquisição mediante leilão, você já sabe que juros estão agregados, o que facilitará a sua decisão.

Em que mercado operam?

Os Títulos do Tesouro envolvem todas as garantias e possuem plena liquidez. Além disso, pode desfazer-se deles quando quiser. Assim, se em primeira instância estiver a operar no mercado primário e se pretende antecipar a sua cobrança antes da data em que vencem, deverá fazê-lo através do mercado secundário.

Definitivamente, os Títulos do Tesouro são uma boa opção de investimento para aforradores.

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0