Você vai fazer o IRS pela primeira vez? Passos para fazê-lo corretamente

Você vai fazer o IRS pela primeira vez? Passos para fazê-lo corretamente: Que documentos são necessários? É necessário consultar um contabilista? Que cálculos tem de fazer?

Publicado por Finanças | 0
Passos para preencher o IRS pela primeira vez

Começou a trabalhar recentemente e nunca fez a sua declaração de IRS? É verdade que é uma novidade, mas não é uma tarefa assim tão complexa, sendo que grande parte do trabalho já foi feito pelo Estado e pelas empresas. Neste artigo, vamos ajudá-lo a cumprir com o seus deveres fiscais de contribuinte.

Antes do mais, há dois elementos importantes para se estar dispensado ou não de  fazer o IRS: idade e rendimentos. Enquanto for dependente está dispensado de fazer IRS. Assim, considera-se dependente aquele que for:

1) Menor de idade (dos 16 aos 17 anos), não emancipado, mesmo que tenha auferido rendimentos num trabalho de férias ou part-time, contudo que não tenha atingido o valor da valor da retribuição mínima mensal garantida (557€).

2) Maior de idade até aos 25 anos que anualmente não aufira o valor da retribuição mínima mensal garantida. 

É o momento de preencher o IRS e agora?

1. Registe-se no Portal das Finanças. Solicite a sua senha de acesso ao Portal das Finanças. Pode fazê-lo no site ou numa repartição das finanças.

2. Conheças os prazos de entrega. Este ano, o prazo de entrega do IRS é comum para quem entrega a declaração em papel ou pela internet: de 1 de abril a 31 de maio.

3. Prepare os documentos. Para preencher o formulário, basta que tenha consigo o seu cartão de cidadão, onde consta o seu número de identificação fiscal (NIF), a declaração de rendimentos e de retenção na fonte emitida pela entidade empregadora e as faturas com NIF que foi pedindo ao longo do ano. Para recuperar parte ou a totalidade dos impostos pagos pelas suas fontes de rendimento, tem de apresentar despesas que sejam dedutíveis (saúde, educação, habitação, etc.).

4. Preencha a declaraçao. A Autoridade Tributária apresenta-lhe uma declaração pré-preenchida com alguns campos como a remuneração, os descontos para a Segurança Social ou as retenções na fonte. Não tem de se preocupar com cálculos. Deve, apenas, confirmar a informação e inserir os dados em falta. Se detetar algum erro, pode fazer correções manualmente. 

5. Grave a informaçao. Vá guardando todas informações inseridas; antes de submeter a sua declaração, verifique tudo.

6. Simule resultado de IRS. Opte por simular o IRS, assim fica a saber se a relação entre os seus rendimentos e as suas despesas lhe vão dar o direito de receber do Estado ou antes terá de pagar. Se tiver algum valor a pagar, pode preparar-se, organizando as suas economias para ter rendimento disponível e desse modo cumprir com as suas obrigações fiscais. 

7. Confirme informaçao. Depois de submetida a declaração, confirme, no prazo de 48h, se tudo está correto. 

8. Guarde o comprovativo de entrega. Para sua segurança, guarde o comprovativo da entrega da declaração.

Até lhe pode parecer tudo muito complicado, porque é a primeira vez que vai entregar o seu IRS, mas será mais simples do que imagina nem precisará de ajuda de um contabilista.

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0