Sobem os alugueres e os preços da habitação: porquê?

Tome nota: os preços da habitação estão a aumentar, acontecendo também o mesmo com os alugueres, o que pressupõe a maior subida de preços desde o quarto trimestre do ano de 2007. Mencionamos aqui alguns dos motivos desta subida.

Publicado por Finanças | 0

- A habitação pressupõe investimento. Para muitos investidores, esta afirmação é mais que justificada, especialmente pelos juros reduzidos que outros produtos financeiros oferecem no que à rentabilidade se refere. Dada a expetativa de revalorização da habitação (sobretudo nas zonas de classe média-alta), é uma opção que pode ter em conta como um meio de obtenção de rendimentos.

- Preço de compra mais barato. Se comparar os preços com os preços de anos anteriores, descobrirá que, uma vez descontada a inflação, são os mesmos que em 2002 e, portanto, menos de metade do que em 2007. Por isso, a compra é uma magnífica oportunidade, pelo preço baixo atual e pela expetativa de subida no futuro.

- São concedidos mais empréstimos hipotecários. Como exemplo disto cabe destacar que em 2015 a quantidade de empréstimos à habitação aumentou até quase 30%, o que permitiu que mais pessoas acedessem à compra de habitação.

- Passar de viver em regime de aluguer para habitação em propriedade. Resultado da soma dos motivos anteriores e da melhoria no nível económico pessoal, que oferece a possibilidade de planear em adquirir uma habitação (nova ou em segunda mão). Esta opção é também atraente para muitas pessoas – perante o aumento do preço da habitação de aluguer – desde que o custo mensal do empréstimo não pressuponha uma grande diferença.

Em traços largos, esta é a situação do mercado imobiliário e os motivos pelos quais sucedem as subidas nos preços de ambas as opções.

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0