Guia de eficiência energética em máquinas de secar roupa

As máquinas de secar roupa representam apenas 2% dos consumos energéticos dos lares portugueses, embora haja uma tendência para que se aumente a sua aquisição. A boa exposição solar do país e os consumos energéticos elevados (potências elevadas por longos períodos de funcionamento) dissuadem muitos agregados a fazerem este investimento.

Publicado por Finanças | 0
Poupar no secado da roupa

Como escolher?

- Opte por um equipamento com etiqueta energética de classe B.

- Compare o tipo de secador: por extração (o ar quente e húmido da secagem é expulso para fora) ou por condensação (o ar quente e húmido da secagem é utilizado num circuito de condensação que elimina a água).

- Selecione o espaço de instalação. Apesar de haver medidas tradicionais, há modelos mais pequenos para espaços mais reduzidos.

- Avalie se a capacidade de carga se adequa às características do seu agregado familiar.

- Privilegie algumas funcionalidades:

- As portas: prefira um modelo com porta de fechar manualmente em vez de fechar automaticamente. A porta deve abrir a 180º para encher e esvaziar a máquina facilmente.

- Programação: escolha um modelo que exija uma só ação, empurrar ou rodar.

- Filtros: confirme se os filtros são de fácil acesso.

- Botões: os botões devem ser grandes, espaçados e não exigir força. 

Utilização inteligente

1. Leia cuidadosamente o manual de instruções da sua máquina, para fazer um bom uso dela.

2. Centrifugue bem a roupa na máquina de lavar. Centrifugar reduz bastante o tempo de secagem necessário em máquina de secar.

3. Separe a roupa. Seque em separado tecidos leves de tecidos pesados, para evitar que os tecidos pesados humedeçam os tecidos leves já secos.

4. Utilize a máquina com a carga máxima indicada pelo fabricante, mas sem a sobrecarregar.

5. Aproveite o sol. Portugal é um país de sol, por isso, sempre que possível, seque a roupa ao ar livre. Os raios ultravioletas do sol luz solar são bactericidas e fungicidas naturais.

6. Seque nas horas de vazio. Se contratou a tarifa bi-horária, programe as secagens para o período de vazio.

7. Utilize o sensor de humidade. Se a máquina tiver um dispositivo destes, acione-o para que a máquina se desligue quando a roupa atingir o grau ótimo de humidade. Assim, evita que a roupa seque excessivamente, podendo acabar de secar de forma natural fora da máquina.

8. Verifique o tamanho do tubo da máquina para o exterior (secagem por extração). Quando mais curto o tubo for, mais rentável será a secagem.

9. Limpe o filtro periodicamente. O cotão acumulado no filtro pode incendiar-se.

10. Certifique-se que a saída de ventilação não está obstruída. Se a saída de ar húmido estiver impedida durante a secagem, a máquina faz um esforço maior a trabalhar, logo consome mais energia.

Se a utilização que faz do secador de roupa é esporádica, então pondere bem a sua aquisição. Com a propagação das lavandarias self-service, esta poderá ser uma solução para as suas necessidades pontuais.

Mais dicas sobre eficiência energética
TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0