Quanto valem as exportações e as importações portuguesas?

No comércio internacional, Portugal tem um padrão de comportamento que se reflete tanto nas exportações, como nas importações. Os grandes parceiros comerciais são os países da União Europeia - com destaque para Espanha, França e Alemanha - e o setor das máquinas e aparelhos está em destaque tanto nos bens exportados, como nos bens importados.

Publicado por Finanças | 0
exportações e as importações portuguesas

Viagens e Turismo dominam exportações

Portugal exportou 49,4 mil milhões de euros de bens e serviços desde janeiro até final de agosto de 2016 (último mês em que há números disponíveis), segundo dados apresentados pela AICEP e recolhidos junto do Instituto Nacional de Estatísticas e do Banco de Portugal. Este valor está praticamente em linha com o mesmo período do ano anterior, registando apenas um ligeiro decréscimo de 0,2%.

A grande fatia das exportações portuguesas vai para os 28 países da União Europeia, região para onde é canalizado um valor próximo de 37 mil milhões de euros, o que significa quase 75% das exportações de bens e serviços nacionais.

Os principais clientes de Portugal são os países vizinhos de Espanha e França, que ocupam o primeiro e segundo lugares, respetivamente. Segue-se a Alemanha em terceiro lugar e o Reino Unido em quarto. Já o quinto principal cliente são os EUA.

Quando olhamos para os setores que mais exportam, a lista é encabeçada pelas Viagens e Turismo. Este setor, que representa quase 17% das exportações nacionais, registou níveis históricos em 2015 e mantém o bom desempenho em 2016. Logo abaixo estão as exportações de máquinas e aparelhos, com uma fatia de 10% das exportações portugueses, seguindo-se o comércio de veículos e outro material de transporte.

Máquinas e veículos encabeçam importações

O desempenho das importações mostra uma tendência decrescente em 2016. De janeiro a agosto de 2016, os bens e serviços comprados ao exterior caíram 1,4% para 46,4 mil milhões de euros, uma quebra que se ficou a dever a uma menor atividade comercial com os países fora da UE. Também aqui o cenário se repete: o grande peso das importações reside nos países que fazem parte da União Europeia, neste caso mais de 78%.

Os portugueses compram bens e serviços sobretudo a Espanha - o principal parceiro comercial português tanto em exportações como em importações -, seguindo-se a Alemanha e, depois, França. Juntos, estes três países vendem mais de 50% dos bens e serviços que os portugueses compram ao exterior.

Destes países chegam a Portugal muitos automóveis, daí que o segundo setor que regista mais importações seja o dos veículos e outro material de transporte. Este setor só é suplantado pelas máquinas e aparelhos.

TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0