Saiba como evitar gastos desnecessários com o cartão de crédito

Um cartão de crédito não só é um meio de pagamento como também é um contrato de crédito; portanto, use-o com cuidado, respeitando os seus deveres e fazendo uso dos seus direitos. Não se esqueça que para evitar gastos desnecessários deve sobretudo não viver acima das suas possibilidades. Veja algumas dicas para não gastar demasiado com o seu cartão:

Publicado por Finanças | 0
Evitar gastos desnecessários com o cartão de crédito

1. Ativação

Se receber um cartão de crédito em casa sem que o tenha solicitado, não o utilize antes de conhecer as suas condições atentamente. O cartão só será ativado depois das suas instruções.

2. Ficha de Informação Normalizada (FIN)

As principais características do crédito estão registadas na Ficha de Informação Normalizada (FIN): taxa de juro aplicável (TAN), taxa anual de encargos efetiva global (TAEG), comissões várias (por exemplo, a anuidade) e as condições de reembolso. A melhor forma de não ter gastos imprevistos é conhecer bem o empréstimo que contratou.

3. Taxa de juro

Se pretende usar o cartão de crédito com frequência, opte por um cartão com uma taxa de juro baixa.

4. Pagamento a 100%

Prefira o pagamento a 100%, assim reduzirá os juros dos pagamentos parcelados. Claro que poderá sempre dividir a despesa em mais vezes se surgir uma despesa maior.

5. Cartão sem anuidade

Grande parte dos cartões tem a anuidade gratuita no primeiro ano. Opte por um cartão com anuidade gratuita no primeiro ano e seguintes.

6. Cash-back

Para evitar maiores gastos, escolha um cartão com cash-back, isto é, pelas compras realizadas com o seu cartão, a instituição financeira devolve-lhe parte do dinheiro gasto. Deste modo, provavelmente compensará o valor dos juros que lhe será cobrado.

7. Cash-advance

Levantar dinheiro (cash-advance) com cartões de crédito tem custos elevados, por isso privilegie os pagamentos com cartão (na zona euro, são gratuitos), em vez dos levantamentos. Se for para fora do país, negocei um aumento temporário do plafond pelo período da sua estadia.

8. Free-float

Há cartões de crédito que integram um período de crédito sem juros (free-float) de 20 a 50 dias entre a data da aquisição do bem ou serviço e a data de pagamento do saldo do cartão, qualquer que seja a modalidade de reembolso.

9. Arredondamentos

Alguns cartões permitem arredondar para cima o valor a pagar, sendo encaminhada a diferença para uma conta poupança. Mas atenção, verifique se a taxa de juro desta poupança vale a pena quando comparada com outros depósitos.

10. Fraudes

Previna-se de situações fraudulentas que lhe poderão sair caras antes de se dar conta do sucedido. Nunca perca o seu cartão de vista; exija comprovativo de compra; não utilize o cartão em máquinas vandalizadas; use o cartão em sites seguros.

Para cortar nas despesas, é preciso que conheça bem o seu estilo de vida e o seu paradigma de consumo, porque eles têm mais impacto nas suas contas que os seus próprios ganhos. Para evitar dissabores, dê atenção às letras miudinhas dos contratos. Leia tudo e questione sempre que não perceber.

TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0