Dicas sobre seguro de viagem: o que é necessário saber na hora de viajar

As viagens são momentos especiais, muitas vezes planeadas com anos de antecedência. Mas, mesmo quando são planeadas ao detalhe, nada garante que os imprevistos e os acidentes não possam acontecer. Extravio de bagagem ou uma doença inesperada são apenas alguns exemplos que mostram a importância de pensar bem no seguro de viagem antes de fazer as malas.

Publicado por Finanças | 0
Dicas sobre seguro de viagem: o que é necessário saber na hora de viajar

Os seguros permitem cobrir as despesas extraordinárias que podem ocorrer durante a viagem, mas antes de escolher a melhor alternativa é importante avaliar bem as condições em que vai ser realizada a viagem.

Destino: oferece riscos em termos de segurança ou de saúde? É preciso ter em mente que há destinos que exigem seguros de saúde aos visitantes.

Tipo de férias: há riscos específicos? Serão férias que envolvem desportos radicais, caminhadas e trilhos? Muitas seguradoras, por exemplo, oferecem seguros específicos para as férias na neve ou podem também fazer seguros diferentes caso as férias se realizem território nacional ou no estrangeiro.

Duração: é uma viagem curta ou longa? As viagens que duram mais tempo também vão fazer a diferença na altura de fazer um seguro.

Quem vai viajar: é uma viagem só para adultos ou vão também crianças? Entre os viajantes há pessoas idosas? Há alguma grávida entre os passageiros?

Bagagem: qual é o tipo de bagagem? Serão transportados objetos valiosos? Pode haver situações de extravio, roubo ou estragos na bagagem que é preciso acautelar.

Pesquisar e comparar seguros

Depois de tomar nota de todas as condições da viagem, é altura de fazer uma pesquisa por seguradoras que oferecem seguros de viagem e comparar. É importante aliar os melhores preços com as melhores coberturas e também com as condições específicas da viagem. Por exemplo, se há uma grávida entre os viajantes, o seguro cobre a assistência especial que estes casos merecem?

O que podem cobrir os seguros de viagem:

- Extravio, roubo ou estragos da bagagem;

- Problema de saúde: despesas médicas, cirúrgicas, farmacêuticas e de hospitalização; transporte e repatriamento de doentes e acompanhantes;

- Danos a terceiros;

- Cancelamento, atrasos ou interrupção da viagem;

- Perda de ligações aéreas;

- Morte ou invalidez permanente, incluindo transporte e repatriamento do falecido e de acompanhantes, bem como despesas do funeral;

- Defesa e reclamação em caso de problemas jurídicos.

Para ter uma melhor noção dos custos envolvidos e das coberturas é útil recorrer aos simuladores que muitas seguradoras disponibilizam online. Só depois de comparar as alternativas é que deve ser tomada uma decisão.

TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0