Poupança: 9 dicas para ter uma alimentação low cost saudável

Orçamentos familiares limitados originaram mudanças nos hábitos de compra dos cidadãos, resultando, entre outras restrições, em cortes nos gastos relativos à alimentação.

Publicado por Finanças | 0
Poupança: 9 dicas para ter uma alimentação low cost saudável

Uma alimentação variada e equilibrada é um dos aspetos fundamentais para a manutenção de uma vida com saúde; todavia, conseguir manter uma alimentação saudável não tem de implicar gastos elevados.

Confira estas 9 sugestões para ter uma alimentação low cost sem comprometer os bons hábitos alimentares:

1. Optar por uma alimentação inteligente

Uma alimentação inteligente, em termos nutricionais assim como de gastos, passa por evitar ou deixar para ocasiões especiais alimentos, como bolos, refrigerantes ou salgados, cujo valor calórico é elevado e o valor nutricional é baixo. Estes alimentos não só não são saudáveis como são mais caros que as opções saudáveis.

2. Nunca sair de casa sem tomar um bom pequeno-almoço

Se sair de casa sem comer, terá de gastar dinheiro mais tarde, pois decerto que terá fome. Para os dias em que sai à pressa, tenha disponíveis pacotinhos de leite simples e faça uma sandes para levar.

3. Planear as refeições

Uma boa solução para poupar ao mesmo tempo que faz uma alimentação variada é preparar um menu semanal: evita fazer sempre as mesmas refeições; usa todos os alimentos disponíveis em casa; e organiza-se no momento de ir às compras.

4. Elaborar uma lista de supermercado

Planear as refeições que fará ao longo da semana permitirá que seja também mais sensato no supermercado. Faça uma lista com o que realmente necessita, verificando sempre os folhetos promocionais da semana. Nunca vá às compras com fome ou não resistirá às compras por impulso.

5. Optar por fruta e hortícolas da época

Para que mantenha uma alimentação equilibrada, é fundamental que consuma fruta e legumes. Prefira legumes e fruta da época, pois para além de serem mais económicos são também mais nutritivos.

6. Levar comida para o trabalho

Pode aproveitar o planeamento das refeições semanais para levar almoço para o trabalho. Aproveite a ementa que escolheu para o jantar e reserve uma marmita para seu o almoço do dia seguinte. Sabe o que está a comer e evita gastos no restaurante.

7. Comer sopa

Para além de ser um alimento bastante rico em nutrientes, é também dos mais económicos de preparar. É recomendado que consuma sopa no início das suas refeições, para se sentir mais saciado.

8. Beber água, sempre

A água é essencial, além disso é mais barata e não tem presente as grandes quantidades de açúcar que existem nos refrigerantes. Só a água mata a sede. Idealmente deve ser consumida, pelo menos, 1,5l de água por dia.

9. Evitar longos períodos de jejum

Deve fazer pequenos lanches entre as grandes refeições, recorrendo a fruta ou alimentos leves, pois se passar longos períodos sem comer, terá vontade de comer mais na refeição seguinte. Inclua na sua marmita lanches saudáveis, para evitar idas ao café da esquina.
TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0