Como poupar sendo pais pela primeira vez?

Obviamente que a chegada de um novo membro à família o enche de alegria, mas, ao mesmo tempo, faz reformular a forma de organizar a economia doméstica com o seu par, com o objetivo de otimizar a poupança a partir do orçamento com o qual fazer frente a essas novas despesas que terá a partir de agora. O seu salário continua a ser o mesmo. No entanto, as necessidades familiares mudam a partir desta alteração de circunstâncias.

Publicado por Finanças | 1
poupar-pais

Conselhos para poupar se for pai pela primeira vez

1. Estabeleça uma nova ordem de prioridades na economia familiar, para reduzir despesas supérfluas. Por exemplo, elimine da sua agenda de lazer os almoços em restaurantes, a ida ao teatro e as despesas de cinema, com o objetivo de dar maior preferência a partir de agora às compras derivadas das necessidades do bebé.

2. Se tiver amigos que já foram pais, pode falar com eles para avaliar se existe a possibilidade de lhe emprestarem roupa dos seus filhos, móveis infantis, o berço, o carrinho de bebé e os produtos que o seu bebé vai precisar a partir de agora. A criança pode herdar muitos destes produtos porque esta opção de poupança é mais prática e permite dar uma segunda vida a produtos de bebé que, apesar de terem sido utilizados antes, estão como novos e em perfeito estado.

3. Cada vez são mais os pais que pela primeira vez atualizam o armário do bebé a partir das suas compras em lojas de roupa de segunda mão. Que vantagens oferecem este tipo de consumo? Um preço muito mais económico em peças de roupa que o seu bebé utilizará durante um período muito breve, dado que o seu processo de crescimento é constante. Por outro lado, consulte o catálogo de moda de bebé em lojas on-line, uma vez que muitas lojas de bebés têm uma secção outlet com tendências em oferta.

4. Desfrute criando a decoração do quarto infantil e efetue a compra de móveis como um investimento a longo prazo, uma vez que esta divisão da casa é um espaço pessoal no qual o seu bebé passará muitos momentos de felicidade. Como pode poupar dinheiro na compra de móveis? Procure móveis multifuncionais que ofereçam um serviço mais amplo. Por exemplo, os berços convertíveis que se transformam em camas que oferecem um descanso reparador.

5. A amamentação natural é uma forma de alimentação muito saudável mas, além disso, também é muito mais económica.

6. Quando um bebé nasce, os amigos e a família costumam oferecer presentes em sinal de carinho e de boas-vindas. Neste caso, pode aumentar as suas poupanças falando com os seus contactos e indicando-lhes presentes úteis e práticos que vai precisar a partir de agora. Eles agradecerão o seu aconselhamento. Elabore uma lista de presentes em modo de inventário.

7. Desenvolva o hábito de anotar numa agenda de contabilidade todas as suas despesas diárias. Inclusivamente, aquelas quantias consideradas menores. Deste modo, terá um melhor controlo das despesas, ao mesmo tempo que recebe as vantagens da sua colaboração na organização dos preparativos das boas-vindas da criança. Um dos presentes que pode acrescentar à sua lista é o pacote de fraldas, dado que este produto é básico na higiene do bebé.

8. Pode procurar um segundo emprego, para ganhar uma quantia extra mensal. Além disso, hoje em dia, a Internet oferece opções de emprego através do teletrabalho; por sua vez, trabalhar a partir casa também melhora a conciliação profissional. Por exemplo, poderá criar um blog sobre um tema que lhe fascine. Se conseguir um número grande de visitas, poderá rentabilizar este meio através de sistemas de publicidade e artigos patrocinados.

9. Se está interessado especialmente em ler livros recomendados para pais pela primeira vez, pode eliminar esta despesa ao efetuar um empréstimo do material bibliográfico na biblioteca do seu bairro. Além disso pode também consultar em muitas bibliotecas, revistas especializadas que estão à venda nos quiosques. Consulte blogs de bebés e de maternidade, dado que muitos deles organizam promoções e sorteios em colaboração com empresas que vendem produtos infantis. Aproveite os descontos próprios de períodos de saldos de inverno e de verão.

10. Evite deixar-se arrastar pelo materialismo e consumismo, uma vez que os bebés não são mais felizes pelo facto de nascerem num lar com abundância económica, sendo que, na realidade, temos que dar conforto aos bebés, uma vez cobertas as suas necessidades básicas, que são o carinho e o acompanhamento.

Antes de fazer uma compra, pode fazer estas perguntas: “Preciso deste produto para quê? Posso adiar a compra várias semanas? O que aconteceria se eu não comprasse este produto?” Este tipo de perguntas pode ajudá-lo a refletir sobre se esse consumo é mesmo necessário ou se, pelo contrário, é dispensável dado que não é determinante para o cuidado do bebé.

TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0