Dicas para criar um orçamento familiar eficaz

Fazer contas, conferir faturas ou extratos da conta bancária pode não ser a atividade mais interessante de uma família, mas todas as vantagens que isso pode trazer para o bem-estar e para o futuro compensam algumas horas que se possa ocupar por mês com o orçamento familiar. Para facilitar o processo, deixamos algumas dicas.

Publicado por Finanças | 0
Dicas para criar um orçamento familiar eficaz

Encontrar o melhor método para fazer as contas

Uma folha de cálculo no computador ou uma aplicação própria para gerir o orçamento familiar são soluções válidas. O importante é mesmo ter uma forma de controlar as contas da família. Há até simuladores online que não deixam esquecer nenhum detalhe.

Identificar todas as receitas e despesas

Importa não só registar todos os rendimentos do agregado familiar, mas também incluir todas as despesas. Para uma melhor avaliação da margem e flexibilidade orçamental, é importante separar o que é fixo e o que é variável. Isto vale tanto para as despesas como para o rendimento. Além disso, para ter a certeza de que não há despesas ou rendimentos esquecidos, o melhor é analisar o histórico dos últimos meses (pelo menos três meses).

Não esquecer nenhum elemento da família

Todos os elementos do agregado familiar devem ser considerados nas receitas e nas despesas, mesmo os mais novos. Ao mesmo tempo, todos devem ser chamados a participar nas decisões mais importantes que envolvem o orçamento familiar. Desta forma, garante-se que todos remam na mesma direção.

Ter uma noção clara das despesas sazonais

O pagamento do seguro do carro ou dos impostos sobre imóveis são apenas alguns exemplos de despesas que têm data marcada no calendário anual e que devem estar sempre acauteladas. Estas despesas devem estar assinaladas com destaque.

Definir objetivos a concretizar

Todas as famílias têm projetos que gostariam de concretizar. Fazer uma viagem, mudar de casa ou comprar um carro novo são exemplos de objetivos que devem estar no papel para poderem um dia ser concretizados. Mas não só: uma família pode estabelecer como objetivo amortizar uma dívida ou poupar para a reforma. Objetivos há muitos e, aqui, o importante é que todos os elementos da família estejam envolvidos no processo.

Atualizar mensalmente o orçamento

Um orçamento de pouco vale se estiver guardado numa pasta do computador e não for atualizado. Uma atualização mensal permite ir controlando a evolução das contas, perceber se há derrapagens em algumas categorias e se o caminho para atingir os objetivos está no rumo certo.

Quais as vantagens de ter um orçamento familiar?

Contas feitas, a família depressa vai perceber que está a ganhar ao fazer um orçamento. A partir daí vai:

- Gerir melhor o dinheiro.

- Controlar melhor as despesas.

- Ter o dinheiro para comprar aquilo de que se precisa ou mesmo para concretizar projetos mais ambiciosos.

- Reduzir as necessidades de crédito.

- Cumprir sempre o pagamento das dívidas e do crédito.

- Ter margem para poupar.

TAGS:

COMENTÁRIOS

20185
22701
5
0